Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

Minch à Arcebispo

 

Se estas fossem receitas normais, esta devia chamar-se Minch à Macaense, mas dá-se o problema de eu nem sequer saber se Minch se escreve assim quanto mais saber a receita original. Sei que a há, que é uma espécie de bolonhesa que, sabendo-a feita em Macau adivinho uma fusão entre ocidente e oriente e que é bom. O que para mim chega para me por a inventar. Inventar o quê? Isto.

 
Preparei uma carne picada adicionada com meio chouriço picante Damata, 1 cebola e 4 ou 5 dentes de alho picados no 1,2,3. Numa tigela acrescentei sal, pimenta branca e preta, cominhos em pó e em quantidade, louro em pó, alecrim em folhas (é aquele que em vez de ser um pacote de folhinhas tem uns pauzinhos, dá muito mais aroma à comida) e... molho de soja. E misturei tudo. Porquê molho de soja? Porque tenho uma vaga ideia de que a verdadeira receita o leva de facto e porque era a única coisa "oriental" que me soava cair ali bem, talvez por ser também a única que tinha em casa (o caril não conta aqui, é doutro oriente).

Desfiz depois a carne, que nesta fase tem mais aspecto de mistela que da dita, num tacho com um pouco de azeite e vinho branco - acrescentei mais vinho e molho de soja depois da carne devidamente soltinha - sobre a arte de não engranular o picado remeto para a leitura do meu livro onde está devida e detalhadamente explicada.

Ora o que acabei de explicar, tirando a soja, é, mais tempero, menos tempero, a forma como faço qualquer bolonhesa para o seu esparguete. Mas o que eu cozi foi arroz, Basmati. E mais, cortei umas batatas, 2 pequenas, para fritar cortadas em pequenos cubos e fiz chá preto.

Eu gosto de chá, para uma pausa, mas não as faço a cozinhar, não consigo fazer como as mulheres - permito-me generalizar por ser elogioso - que conseguem deixar tudo ao lume e ir fazer outra coisa (que não costuma ser ir beber chá...). Não, eu tenho que ficar ali a tomar conta senão fico nervoso. Para que era então o chá? Para dois propósitos. Por agora, para acrescentar à carne mal esta comece a secar após absorvido o vinho branco em que cozinhou inicialmente. Só o suficiente para manter um pouco de molho que esta bolonhesa não se quer muito líquida.

Corro um risco que não aconselho, nunca provo os meus cozinhados para rectificar os temperos. Confio no instinto para a intenção, na "não" para o tempero, o sal. Sabe deus (se souber) porquê, a coisa sai-me bem mas não se perde nada em ver pelo menos como está a coisa de sal antes de fechar o lume. Cozinhe uma boa meia hora com a tampa a quase tapar o tacho.

Nunca sirvo nada empratado, cada um tem o direito de comer quanto e como quiser, mas este tem instruções para comer. No prato, deve colocar-se o arroz, depois a carne e adicionar alguns cubos de batatas fritas. Um pouco, Pouco, de molho da carne e... regar com chá preto que, sendo opcional - há quem goste mais só com o molho da carne - é para mim o que confere mais originalidade gustativa a este prato. Depois, à boa maneira oriental, ou para evitar injustos preconceitos, à boa maneira arcebispal, mistura-se tudo, carne com arroz com batatas com molho com chá e toca a comer que já se vai fazendo tarde e isto até nem fica com mau aspecto (aqui, as minhas desculpas. Adiei a foto para o produto final já no prato mas a gula sobrepôs-se).

 

publicado por joao moreira de sá às 06:17
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 11 de Junho de 2008 às 13:23
Boa tarde João!

Já comprovei a eficiência das receitas que estão no livro!
Estas estão em vias de serem postas em pratica..
Mas aguardo ideias novas!
De preferência acompanhadas pela bela da fotografia, que realmente faz aumentar o desejo de as por em pratica..
Obrigada pelas ideias, e pelo transformar o acto de cozinhar numa coisa mais leve e divertida..
Não há como não sorrir ao ler o livro..
Cumprimentos
De joao moreira de sá a 12 de Junho de 2008 às 09:46
Prometo tentar ser mais assiduo na "receitagem". Tenho algumas... criações... novas para partilhar, algumas até me lembrei de tirar fotos, mas eu não consigo forçar muito a inspiração da escrita. Mas posso tentar um bocadinho :D
De mdsol a 17 de Junho de 2008 às 11:23
(Não tem a ver com a receita, mas com as receitas)
Não vi o livro na FNAC do Norte Shopping (Porto). Procurei na secção de CULINÁRIA! Como estava com pressa e havia "fila" não perguntei aos funcionários, por isso não sei se está esgotado, ou... Sabe o que se passa?
:))
De joao moreira de sá a 17 de Junho de 2008 às 12:59
Maria, não sei mas já fiz a pergunta à editora. Se estiver esgotado é bom e mau sinal, bom porque vendeu, mau porqe não foi reposto :)
Vamos já tratar disso
De fairyland a 30 de Julho de 2008 às 15:44
Boa tarde João.

Sou a "anónima" lá de cima, logo da primeira "reclamação". ;)

Onde está essa partilha das novas criações?

Continuo à espera para experimentar as ditas.

Vá lá, só um esforço pequenino.. tenho a certeza que sai qualquer coisa.
E boa, aposto!

Cumprimentos
De joao moreira de sá a 30 de Julho de 2008 às 19:09
Efectivamente tenho investido pouco neste blogue, ao contrário do que havia prometido. Tenho "criado" (passe a presunção) alguns pratos que prometo, assim que a vidinha acalmar um bocado, coloco aqui e dedico um ao País das Fadas :)
De fairyland a 31 de Julho de 2008 às 10:04
E Pronto!
O meu silêncio está "comprado".. não há mais reclamações durante uns tempos!
O país das Fadas agradece ;)

Comentar post

Manjares do Arcebispo" (2ª edição disponível em paperback 11.35€ e e-book download 2,50€)


COMPRAR ONLINE: BUBOK

Joao Moreira de Sa

Cria o teu cartão de visita

Twitter

pesquisar

 

mais sobre mim

Quem???

Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 39 anos (embora um teste da Sábado diga que na realidade tenho 47). Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever. jmoreiradesa@gmail.com

Belogues do Arcebispo

posts recentes

Lombos de pescada no forn...

Lombinho de porco no forn...

Spaghetti Bolognese a la ...

"Manjares do Arcebispo" -...

Do livro para o blogue: "...

Tostas

Minch à Arcebispo

Casco de Sapateira rechea...

Batatas com Molho de Mari...

Frango assado no forno

arquivo

Dezembro 2011

Outubro 2011

Abril 2010

Fevereiro 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

Janeiro 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Maio 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

PUB

Novos Posts por Email

Endereço de email:

fornecido porFeedBurner

blogs SAPO

subscrever feeds